Iluminação para quadras esportivas

setembro 25, 2019 0 Por Tayná Landgraf

Entenda neste artigo alguns dos fatores importantes a serem considerados no projeto de iluminação de quadras esportivas.

Normas de iluminação para quadras esportivas

O fato é que alguns aspectos técnicos já foram pensados para as atividades em quadras, eliminando a ideia de que basta colocar uma lâmpada em cada canto e missão cumprida.

A NBR 8995-1 da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) é a norma técnica que regula os níveis de iluminação ideais. Esta norma trata especificamente de regras para ambientes de trabalho, mas tópicos importantes podem surgir desta discussão, como por exemplo o tamanho da quadra.

Neste caso, primeiramente é importante considerar o tamanho da quadra esportiva que precisa ser iluminada, e levar em consideração a relação entre esse número e a necessidade de luminosidade exigida para o ambiente.

Normalmente a iluminação de quadras esportivas tem um mesmo ponto em comum de normatização, a instalação mínima de 4 pontos de iluminação à 9 metros de altura, para que nenhuma prática seja prejudicada pelo ofuscamento na vista.

Iluminação de quadra esportiva para Tênis

Iluminação da esquerda realizada por Lumideas, para a quadra de tenis da Sabesp.

A iluminação para a prática de tênis precisa privilegiar a visão rápida devido aos movimentos da bola.

A soma de iluminância total por ponto nas quadras de tênis deve ser de 1200W, podendo ser compartilhada em diversos refletores LED posicionados em cada ponto.

A distância dos postes precisa ser de 9 metros da rede, e 3,5m dos limites externos da quadra.

Iluminação de quadra poliesportiva

A necessidade de iluminação para quadras poliesportivas segue a premissa dos 9 metros de altura.

E precisam ser posicionados à 7 metros de distância do eixo da quadra, e a 3 metros de distância dos limites da quadra.

Iluminação de quadra ou campo de futebol

A iluminação da quadra de futebol society tem a mesma necessidade de iluminância de 1200W por ponto.

Neste caso precisam ser instalados 6 pontos de luz, sendo 2 à 3 metros do limite externo do eixo da quadra e os outros 4 à 15 metros de distância de cada um dos centrais.

Alguns outros pontos a serem considerados na iluminação das quadras:

  • Temperatura de cor: Apesar de algumas vezes a vontade seja de inovar, para a prática esportiva a resolução define que a temperatura da iluminação seja de 6.500 Kelvin, que é o que conhecemos como branco frio;
  • Iluminancia: É o parâmetro de medida baseado na quantidade de luz que incide sobre a superfície, que normalmente gira em torno de 300 lx. Esse índice permite a visibilidade integral e adequada para a prática de cada esporte;
  • Ofuscamento: Parecido como fenômeno dos veículos de trânsito que se aproximam com o farol alto no sentido contrário, o ofuscamento precisa ser de 22UGR (unidade de medida própria), para favorecer a boa iluminação. Seguindo os parâmetros informados, este critério estará atendido.
  • Índice de reprodução de cor: Por regulamento o índice de reprodução (IRC) é de 80%, sendo então os refletores de LED a melhor opção, até mesmo pelo critério durabilidade.

Em nossos projetos realizamos a simulação de como a luz poderá ficar na quadra, garantindO assertividade na execução das obras. Além disso, utilizamos conjuntos ópticos anti-ofuscamento com angulações especiais, evitando que danifique a visão do atleta ao se movimentar, assim como a distribuição homogênea da luminosidade por toda a superficie da quadra. 

Quer entender mais sobre iluminação esportiva?
Conte para nós o que você gostaria de saber. E não esqueça de acompanhar nosso blog, todo mes conteúdos exclusivos sobre o universo da Iluminação e eficiência energética.

Contate-nos e agende sua reunião!